Réchaud



O réchaud é um equipamento feito especificamente para manter os pratos aquecidos em banho-maria. É possível encontrar modelos de diferentes materiais, como o rechaud de inox, ferro, pedra sabão e porcelana. O uso de réchauds é muito comum em restaurantes e eventos com o objetivo de manutenção da temperatura adequada dos produtos, porém o seu manejo requer cuidados. Há várias opções de combustíveis utilizados para acender o réchaud, o mais comum é o uso de álcool em gel. Porém, o mesmo não é seguro, pois pode gerar explosão, ocasionando danos que podem ir desde queimadura simples até mesmo a morte em casos mais graves. Vários acidentes já ocorreram e notícias se espalharam pela internet. Vale ressaltar que nesse tipo de situação a empresa é responsabilizada pelos danos causados.

No manuseio do álcool em gel devem ser tomados cuidados como:

- Nunca repor diretamente do galão e sim utilizar uma colher,

- Repor o álcool com o fogareiro frio,

- Acenda o fogareiro com o auxílio de um acendedor automático, em local arejado e longe de outros fogareiros,

- Ao retirar o fogareiro aceso para reposição, deve-se utilizar o abafador e aguardar que a chama se apague completamente. Após, com o auxílio de uma luva antitérmica retire o fogareiro e leve para um local arejado,

- Nunca realizar a reposição do álcool próximo aos clientes, diretamente na rampa de distribuição.

Nas normativas do Ministério do Trabalho não fica claro a proibição do uso do álcool em gel, porém segundo as mesmas as empresas devem minimizar os riscos de acidente de trabalho. Por isso, tendo em vista o risco grave e iminente de acidentes com o uso do álcool em gel, riscos de explosões e queimaduras como em vários acidentes já relatados, o uso do mesmo não é recomendável.

Atualmente o recomendável é o uso de pastilha de álcool sólido, pois é eficiente para o aquecimento dos alimentos, não oferece o risco de combustão espontânea, não libera cheiro e fumaça durante o uso e apresenta inflamabilidade menor em relação ao álcool líquido e ao álcool gel. O álcool sólido em pastilhas tem tempo de queima 50% mais rápido e preço 50% mais elevado quando comparado ao álcool em gel. Mas, embora o custo-benefício não seja o melhor, ele é o único dos combustíveis que garante a segurança dos clientes e dos colaboradores dos restaurantes.

Os réchauds também podem ser substituídos pelo elétrico ou ainda o vidro termoelétrico.

De qualquer maneira vale ressaltar a importância de se estar em dia a manutenção dos seus extintores de incêndio e da equipe estar treinada para lidar com situações de emergência.



Fonte: https://gestaoderestaurantes.com.br/blog/dicas/acidente-durante-acendimento-de-rechaud-com-alcool-em-gel-em-belo-horizonte-alerta-para-os-perigos-deste-combustivel/

0 visualização
  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo
  • YouTube - círculo cinza
Início - Sobre - Serviços - Legislações - Cursos - Contato - Blog

© 2018 por @emersonbraganca