USO DE LUVAS PRETAS DURANTE A MANIPULAÇÃO DE ALIMENTOS- Importante atentar!

Atualizado: 28 de Mai de 2019



Muitas pessoas acreditam que manipular alimentos usando luvas, pode reduzir o risco de contaminações nos alimentos. Mero engano! A correta higienização das mãos é a melhor maneira de evitar que os microrganismos presentes nas mãos, possam chegar até os alimentos.


As legislações sanitárias vigentes são muito genéricas em relação a recomendação do uso de luvas. A portaria 326/1997, faz referência ao uso de luvas, no seu artigo 7.8: ” Luvas: O emprego de luvas na manipulação de alimentos deve obedecer as perfeitas condições de higiene e limpeza destas. O uso de luvas não exime o manipulador da obrigação de lavar as mãos cuidadosamente.”


Na RDC 216/04 da ANVISA, é citado no “4.10.2 Os manipuladores devem adotar procedimentos que minimizem o risco de contaminação dos alimentos preparados por meio da anti-sepsia das mãos e pelo uso de utensílios ou luvas descartáveis. “


A CVS 05/2013, específica para o Estado de SP, descreve um pouco melhor: “Art. 12. Os manipuladores de alimentos devem adotar procedimentos de antissepsia frequente das mãos, especialmente antes de usar utensílios higienizados e de colocar luvas descartáveis.


A manipulação de alimentos prontos para o consumo, que sofreram tratamento térmico ou que não serão submetidos a tratamento térmico, bem como a manipulação de frutas, legumes e verduras já higienizadas, devem ser realizadas com as mãos previamente higienizadas, ou com o uso de utensílios de manipulação, ou de luvas descartáveis.


Estas devem ser trocadas e descartadas sempre que houver interrupção do procedimento, ou quando produtos e superfícies não higienizadas forem tocados com as mesmas luvas, para se evitar a contaminação cruzada.


É uma prática comum em cozinhas e indústrias implementar a obrigatoriedade do uso de luvas na manipulação dos alimentos. Em algumas situações, o manipulador recebe uma luva, para trabalhar um turno inteiro de trabalho. Não recebe treinamento algum, sobre a maneira correta de usar.


Andando pelas cozinha e indústrias da vida, nos deparamos com as mais diversas situações. Certo dia, saindo da cozinha, fui conversando com um manipulador, ele havia ido até o setor que eu estava, para buscar um ingrediente. Estava calçado com suas luvas. Pegou os itens que precisava e caminhamos para o seu setor de trabalho, que ficava dois andares acima do piso em que nos encontrávamos. Acionou o botão para chamar o elevador, acionou o andar em que iríamos descer. Chegando em seu setor de trabalho, deixou os itens e começou a manipular seus produtos.


Imediatamente perguntei:

- “Não tem nada errado aí?”


Ele sorriu e me indagou:

- “Já sei, você tá olhando pois esqueci de lavar a lata antes de abrir!”


Sorri para ele e informei que era algo mais importante. Ele olhou as latas, verificou a validade e ficou com aquela cara de interrogação para mim.


Algumas pessoas ao colocar as luvas esquecem que elas podem ser uma fonte de contaminação e que pode levar sujidades e microrganismos para os alimentos.


As luvas de procedimento utilizadas em cozinhas podem ser uma fonte de contaminação biológica (microrganismos), pode ser uma fonte de alergênicos, no caso do uso das luvas de látex ou dependendo do tipo de luva, migrar substâncias que estão em sua composição, para os alimentos.


No Brasil agora virou moda o uso de luvas na cor preta. É uma moda em churrascarias, hamburguerias, espetinhos e outros segmentos. Isso é algo que nos preocupa, por várias razões. Essas luvas, são indicadas para uso em cozinhas, para proteção das mãos contra agentes químicos, como por exemplo uso de cloro nos processos de desinfecção de vegetais e frutas. É portanto um Equipamento de Proteção Individual(EPI). Ela é de material inflamável, não podendo ser utilizada próximo de fogão ou superfícies quentes, colocando em risco a segurança do manipulador.


Outro fator grave é que não é feita uma análise de risco em relação a composição da luva, para que garanta que a mesma, não migra substâncias para o alimento. A contaminação causada por migração de substâncias de embalagens e superfícies que entram em contato com os alimentos é muito séria e pode passar despercebida em muitos momentos. Alimentos gordurosos e principalmente alimentos aquecidos facilitam essa passagem de substâncias tóxicas da luva para os alimentos.


Muitas das substâncias que podem migrar podem ter um efeito toxicogênico e até mutagênico.

Uma análise de risco deve ser feita pelo setor de segurança dos alimentos e um alerta deve ser feito para atingir principalmente os influenciadores da área gastronômica, para que revejam essa prática, que pode minar a saúde dos consumidores.


E você, acredita que as luvas podem ser fonte de contaminação?





156 visualizações
  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo
  • YouTube - círculo cinza
Início - Sobre - Serviços - Legislações - Cursos - Contato - Blog

© 2018 por @emersonbraganca